avatar
Carlos

Guest 60 15th Jan, 2020

MARKUP 2.48 KB
                                           
                         Ter a oportunidade de estar e falar contigo foi incrível, algo que para mim parecia em tempos impossível. Apaixonei-me sem te dizer, e quando soube que também sentias o mesmo foi como se um sonho se tornasse  realidade. Começamos a namorar, e o meu maior medo sempre foi perder-te. Nunca quis mostrar inseguranças ou fraquezas porque queria que te sentisses seguro comigo. Queria ser a pessoa que tu quisesses falar nos piores e nos melhores momentos, queria ser o teu porto de abrigo. Por isso, procurei manter-me sempre firme. Tivemos as nossas aventuras e provavelmente deixá-mo-nos levar por elas demasiadas vezes. Não me lembro de uma discussão séria que tivesse contigo e só tenho boas recordações de ti. No meio deste período passámos por conflitos externos à nossa relação, mas que nos afetou internamente. Falamos sobre isso e só fazia sentido para nós estarmos juntos. Surpresas eram feitas, promessas também. e sonhos foram idealizados. Assim chegou a época natalícia, um Natal especial, com a troca de presentes cheios de sentimento, momentos especiais e uma passagem de ano com as várias chamadas telefónicas feitas pela noite dentro, todas elas de saudade e amor. No início do ano 2020, tive um momento em baixo o qual pensei não partilhar contigo para não te preocupar ou para não denegrir a minha imagem aos teus olhos. Sim, o que tu pensavas estupidamente importava para mim. No entanto decidi ser transparente e contar-te, sem dúvida que foi o mais acertado, afinal se te idealizava no meu futuro de outra forma não faria sentido. Dado momento ganhei uma responsabilidade acrescida que veio dificultar a nossa relação. Mas essa dificuldade não veio só e agregada a outras vontades tuas foi-te tirando também o sentimento que tinhas por mim. Para ser franco foi algo que me entristeceu muito. Todas as relações têm altos e baixos, e o que mais espero é que isto seja realmente um baixo. Mas não está nas minhas mãos nem nas tuas, está no teu coração. Se realmente não fizer mais sentido para ti continuar, o fim deste texto fica marcado no próximo ponto final.

Com muito amor
Pedro

PS: Mais amor do que ir à lua e voltar
                      
                                       
To share this paste please copy this url and send to your friends
RAW Paste Data
Recent Pastes